28 agosto 2013

O Vestibular


Inaugurando...
          
          Boa noite, galerinhaaaaa! Estou inaugurando hoje uma sessão que tratará de assuntos referentes ao vestibular. Eu sei que é tenso e que muita gente treme só de ouvir falar em concorrência, prova, data, documento com foto, hospedagem, nota de corte, número de vagas e etc.; pensando nisso, estou aqui para discutir isso e ajudar no que eu puder. Contarei também experiências próprias e mostrar um lado seeeem tanta neura assim e, no fim, muito divertido até. Espero que gostem!

Origem do vestibular no Brasil

          A palavra vestibular vem do latim vestibulum, que significa entrada. Antigamente usava-se a expressão “exame vestibular” (exame de entrada), com o passar do tempo passou-se a usar apenas “vestibular” para designar esse tipo de prova. 
          Até o início do século XX, as universidades brasileiras eram ocupadas por estudantes de colégios tradicionais como o Dom Pedro II no Rio de Janeiro. Com o aumento da procura, que ultrapassou o número de vagas disponíveis, o então Ministro da Justiça e dos Negócios, Rivadávia da Cunha Corrêa, instituiu o vestibular no Brasil, em 1911. 

Vestibular e vestibulandos na atualidade

          Blablabla's a parte, sabemos o que ocorre hoje: a mídia e a coerção social trabalha e nos bombardeia incessantemente ao ponto de, apesar de um milhão de alternativas, não sabermos o que escolher para o nosso PRÓPRIO futuro. Veja que lindo!
          Ainda somos rotulados e crescemos numa sociedade que supervaloriza os três pilares: Direito, Medicina e Engenharia. O que há de errado em cursar um deles? Nada! Absolutamente nada! Aliás, é lindo e ótimo desde que seja o curso no qual o indivíduo se adéqua, sente-se livre e satisfeito. O que quero dizer é que, muita gente cresce com uma coisa na cabeça: tem que ser Direito/Medicina/Engenharia (e a concorrência desses cursos nos maiores vestibulares do Brasil não me deixam mentir ), ainda que esse curso não o faça sentir-se completo.

Como saber o que devo cursar

          Bem que eu queria, mas eu não tropecei em nenhuma pedra escrita com o que eu irei cursar e ter sucesso (aliás, "sucesso" é muito relativo). Talvez a nossa espécie de Homo sapiens sapiens esteja condenada ao sentimento de dúvida, pois nunca dá para ter CERTEEEZA de nada nessa vida, então, o jeito é tentar.
          O meu conselho é que cada um faça uma auto-análise, identificando seus maiores interesses vocacionais e avaliando o quanto a realidade desse curso satisfaz seus sonhos. Sim, sonhos! Sou uma pessoa que acredita em sonhos. Caso, a pessoinha esteja muito na dúvida, procure um profissional conceituado para fazer um teste vocacional. Comigo deu supercerto e eu já sei onde tenho grande probabilidade de acertar em cheio e ter sucesso! \o/

Coisas que as pessoas me perguntam

          Sempre no fim de cada post, responderei perguntinhas frequentes, essas coisinhas que surgem no ar e várias pessoas vem me perguntar. Envie sua perguntinha também! Ela pode aparecer no próximo post.

Teste vocacional pela internet funciona?
          Pra mim, não funcionou. As áreas indicadas divergiam muito e pouco tiveram haver com o que eu queria.

Dá pra passar numa prova concorrida sem fazer cursinho?
          Dá sim. O problema de não estar no cursinho é perder o ritmo, desanimar e relaxar nos estudos. Não que isso não aconteça com aluno de cursinho, mas os professores nos mantém atualizados, nos animam e tudo mais. Disciplina é tudo. Já vi pessoas que passaram em universidades públicas em cursos bem concorridos estudando só em casa. Tome nota: elas acordavam às 6h para estudar, descansavam 10min a cada 50min, tinham duas horas para almoçar, duas para o jantar e o banho, dormindo umas 6h/dia.

Por quanto tempo o cursinho é necessário?
          Não existe essa de TEMPO PRA CURSINHO. É o tempo que for necessário. O tempo que você precisar. Em média, a idade da turma da Medicina é aprovada aos 23 anos de idade... Depende do desempenho, facilidade em assimilar matéria, disciplina, tempo disponível pra estudo, carga adquirida de estudo durante o fundamental e médio... Por aí vai...


Beijos e até a próxima!

3 comentários:

  1. Achei muito bacana vc abordar este assunto, eu tbm já fim teste vocacional na internet e não deu muito não hihi
    bjus

    http://meninaporcelana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  3. Fão do Blog jah parabéns meninas...

    ResponderExcluir

 renata massa